quinta-feira, 3 de junho de 2010

Feriado e eu resolvo vir almoçar na casa de mamãe,comer coisa decente e coisa e tal.
Ela me recebe de cara amassada e com gritos e esculhambações guardadas com todo o carinho pra mim.
Mereço!
Pergunta porque viajei tão cedo(cheguei em casa beeeem cedo),manda eu ir dormir e quando durmo,tchantchantchan: ela me acorda aos berros.
oO
Não compreendo,não era pra dormir?
Pois é,pois é,o sistema aqui é assim: carinhos,gritos,uns palavrões e carinho.
Coisa linda,se eu não fosse acostumada com esse jeito dela eu juro que voltava pra casa hoje mesmo.
aHAuihaUIAHuihaUIHAUihauiHAUIh
Aqui o sistema é bruto e quem não aguentar que corra( forró..oi?).
O certo é que amanhã cedo volto pra Bragança,pro meu cafofo,minha rotina de escrava,é isso mesmo,porque além de limpar casa,cozinhar e lavar roupa(ódio disso) eu ainda tenho um estágio que me faz andar muiiiito e pra um lugar relativamente perigoso depois das 19:00.
Muuuah,txiamo,estágio que não me proporciona nem lanche nos intervalos.
rsrsrsrs

3 comentários:

Carolina R. disse...

tem selo no meu blog pra vc :)

O mundo da Reis disse...

ôh vidão esse que tu tem...essa rotina massacrante que eu já passei e não troco por vida nehuma de luxo em lugar nenhum.


ahsuhuhaUShuaHsuaHs

muuuuuah*

Rafael disse...

Pois é forma de amar das mães Paraenses! kkkk chinga, briga, fala, depois se desculpam, são defensoras ao extremo! mas uns leões com qualquer errinho, dificil d+ prima! mas relaxa todos os perrengues passam . "não há destino que não possamos mudar" , roubei do exterminador do futuro! kkkk mas ninguém sabe! num espalha! kkkk bjo