quinta-feira, 3 de junho de 2010

"...Deixe-me ir, preciso andar
Vou por aí a procurar

Rir pra não chorar.
Se alguém por mim perguntar,

diga que eu só vou voltar,
depois que me encontrar.

Quero assistir ao sol nascer,
ver as águas dos rios correr,
ouvir os pássaros cantar.
Eu quero nascer, quero viver..."

9 comentários:

- Čαн ' ૐ disse...

Lindo texto '-'

DEIXE_ME IR, MAIS SE ALGUÈM PERGUNTAR DIGA QUE VOU VOLTAR *_*

parabéns pelas palavras bem colocadas !

Rafaela Costa disse...

Maravilhoso este texto, fora a tatu, uma graça!

Beijo,
Rafaela

Patricia s2 disse...

é exatamente assim que eu me sinto...é desse tempo que eu preciso...Amei, muito obrigado!!!!

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ NARA CABRAL Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

amei seu blog
estou te seguindo
guando puder faça uma visitinha no meu se quiser siga-me
abraço

Tiabetok disse...

qual o significado da tatoo do pescoço.?? são iniciais???

Juju disse...

oiii... adoreii teu blog... virei sua seguidora, se possível vira minha tbm...

b'jinhos

wcastanheira disse...

Um poema sóbrio, um pouco triste, mas de uma profunda decisão pessoal em meio ao amor, gostei do q li, vc merece bjos, bjos e bjosssssssss

Fernanda Deunizio disse...

adorei, parabéns :*

Lily disse...

Acho que vou também!