segunda-feira, 9 de maio de 2011

Fim de tarde de segunda-feira me lembra que hoje você chegaria em casa e encontraria tudo em ordem, e o principal, me reencontraria depois de um fim de semana distantes. Era quase sempre assim, você lá e eu aqui torcendo pra que o sábado e o domingo voassem e chegasse a segunda - feira em que estaríamos mais uma vez deitados lado a lado, falando bobagens, contando novidades, matando aquela saudade absurda e inacreditável de existir.
Agora nada mais existe, meses passaram e me pego pensando: não, não era amor, não da parte dele, porque amor resiste, amor luta, amor quebra barreiras. O que você fez? apenas desistiu.
Ou será que essa desitência não seria a maior prova de amor de alguém? Desistir porque assim os caminhos e oportunidades seriam melhores?
Eu tentei prosseguir, mas amor unilateral não existe, meu bem, até porque deixa de ser amor unilateral pra virar falta de amor próprio, e sinceramente não nasci pra isso.
O que vivemos foi lindo, um ano de muito aprendizado e muita felicidade, mas acabou e eu segui, como você mesmo sugeriu que eu devia fazer. Muita coisa ainda me lembra você, muitas músicas que cantamos milhares de vezes, seu perfume, sua gargalhada e aquele abraço gostoso depois que você chegava do trabalho, mas agora isso sãolembranças de um período gostoso da nossa vida.
O que nos restou? a certeza de que foi bom e de muito acertamos e o pouco que não saiu como deveria foi detectado e será melhorado no futuro, quem sabe eu e você, ou quem sabe alguém que nos faça ainda mais felizes do que sonhamos.
Por aqui eu sigo minha vida, e todo dia desejo que você esteja bem, que seus desejos se realizem e que você consiga todo o sucesso que merece, o que não é pouco.
Felicidades pra nós, hoje, amanhã, sempre.

3 comentários:

Thais Gentile disse...

Eu acredito que as vezes a gente desista não por falta de amor, mas sim quando suspeitamos que nao vai da certo, ou algo parecido.

A Menina que não pisca nunca! disse...

Ai, esse texto doeu... tive uma experiência muito, muito semelhante e infelizmente muito dolorida. Acabamos nos perdendo totalmente e muitas vezes evito até as lembranças pq doí demais ter que não gostar de alguém que ainda se ama tanto.

www.ama-visse.blogspot.com

Mih_ disse...

Boa noite!
Lindo por aqui, adorei o post!

Lembre-se:
“Todos os dias Deus nos dá um momento
em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes”.


♥´¯`*•.¸¸♥ Grande bjo,
Fica com Deus....
e uma noite maravilhosa pra tii!

♥_________Mih_ ઇઉ

http://trevisanimichelle.blogspot.com/