terça-feira, 28 de setembro de 2010

O que é amizade pra você?

Desde pequena ouvi de minha mãe: "Ninguém é amigo de ninguém,tens que confiar na tua família,isso sim..." e eu achava isso um grande absurdo.
Aí você cresce e percebe que poucas pessoas tem valores e que amizade de verdade é mais raro que um raio cair duas vezes no mesmo lugar.
Já chamei muitas pessoas de amigo (a)e posso dizer que quebrei a cara em quase 100% das vezes (leia-se,QUASE) e que isso não é exagero,é a pura e triste realidade.
O problema é que a amizade,assim como amor,virou algo banalizado,bobo,fútil,e a presença de uma pessoa na sua vida torna-se algo dispensável de uma hora pra outra,seja porque alguém "mais legal" apareceu,ou alguém mudou de cidade ou uma simplesmente enjoou da outra.
Mas pera,desde quando isso pode ser chamado de amizade?
Desde quando as pessoas tornaram-se descartáveis a ponto de serem deixadas de lado sem mais nem menos?
Será que tudo o que vocês compartilharam foi em vão?
Mera distração?
Se for só pra ter companhia de alguém é melhor contratar alguém e pronto!
Amizade de verdade não acaba porque você foi morar longe,ou porque vocês agora estudam em salas diferentes,ou porque você está namorando ou porque cansou da outra pessoa.
Amigo(a),com A maiúsculo,aquele que você tufa o peito pra falar,não te abandona,não te coloca de lado,pelo contrário,ele te acompanha gostando ou não,te aconselha,te dá bronca,dá o braço a torcer quando está errado e não tem medo ou vergonha de falar o que acha.
Eu já achei muitas vezes que tinha amigos de verdade e que nada fosse abalar esse relacionamento que eu considerava sólido e pra vida inteira,e de uma hora pra outra,pluft,acabou.
Nessas horas percebemos o quão efêmero são os sentimentos...
De minha parte sempre foi sincero,e talvez por isso tenha quebrado tanto a cara,mas posso afirmar que tudo o que vivi com essas pessoas vai continuar nas minhas lembranças,afinal,as "amizades" terminam mas esses momentos vividos juntos se eternizam você querendo ou não.

"Amor não resiste a tudo, não. Amor é jardim. Amor enche de erva daninha. Amizade também, todas as formas de amor." Caio F.

11 comentários:

Jussielly L. disse...

OS momentos são inesquecíveis, mas é só quado "acaba uma amizade" que a gente percebe quem realmente sempre foi seu amigo. Lindo texto :)

rachel disse...

Costumo dizer que assim como as coisas não acontecem em vão, as pessoas não entram na nossa vida, o que importa mesmo é o quanto acrescentaste, o quanto foste acrescentada e que de alguma forma compartilhaste bons momentos com a pessoa. Uma pessoa só sai ou se distancia da nossa vida se ambos permitirem. Mas de qualquer forma acho digno viver, amar, abraçar enquanto ainda podemos, independente de qualquer coisa. beijooos gatã!

Carla Farinazzi disse...

Lih! Que bom que encontrei seu blog. Seus textos são ótimos, e esse sobre amizade particularmente me tocou. Me vi tanto naquilo que escreveu... "Já chamei muitas pessoas de amigo (a)e posso dizer que quebrei a cara em quase 100% das vezes (leia-se,QUASE) e que isso não é exagero,é a pura e triste realidade".
Concordo plenamente, até cheguei a pensar que o problema era comigo. Mas recuso isso.
As pessoas hoje em dia não sabem o valor de sentimentos como o amor, a amizade, o respeito e a gratidão. Principalmente esta última. Sinceramente, as pessoas hoje em dia estão mais preocupadas com seus próprios umbigos, e o resto do mundo que se dane.

Desculpe o desabafo, mas foi como me senti lendo seu texto.

Um grande beijo, ficarei frequentando por aqui, com certeza

Carla

Simone disse...

amigo que é amigo está presente em todas as ocasiões, inclusive nas menos festivas, mesmo que não esteja presente fisicamente. Não esperemos que um amigo seja aquele que engole todos os sapos, que aceita todas as patadas e vicissitudes da amizade, sem reclamar de nada. Não, isso é submissão, não amizade! Amigo que é amigo também reclama, diz o que pensa, fica magoado. Amizade verdadeira é oportunidade de lapidar o ego, de sair da vaidade, de deixar de lado as aparências e “decências”, pra cada um/uma tornar-se o que é. Uma amizade verdadeira é como história de amor, está vulnerável aos altos e baixos inerentes a qualquer processo de crescimento, ajustamento, busca de equilíbrio. Amizades que ultrapassam a raiva, que encaram mágoas, que faz derramar lágrimas, mas que ajudam a olhar para dentro, a descobrir fragilidades e acessar outras qualidades, são “amizade-caso-de-amor”, Por essas devemos batalhar. Como saber? Ouvindo o próprio coração! Ele sempre diz a verdade. O coração centrado, não sabe enganar. Amigo que é amigo espera o tempo do amigo. Nada de pressa. É se acalmar e aprender a ouvir e sentir o que o coração falar!

Beijo,
Simone Pessoa

Tiabetok disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Maíra Souza disse...

Eu concordo contigo.
Amizade é pra sempre, não importa se distante ou não.
E já quebrei a cara também, duas vezes. Me senti um nada, na alta. Como se não tivesse feito parte da vida deles... =\
Será que fiz? Vai saber...
O problema é que muita gente dá valor quando convém a quem convém. Assim, cheias de segundas intenções. Infelizmente.

BjO

Flávia Corrêa disse...

Tem um selinho pra vc no meu blog.
Bjm

Brenda disse...

Infelizmente a gente perde muitos amigos...
Eu perdi vários por causa da distância. Claro que a distância não é a culpada maior, cabe a cada um cultivar suas amizades. Mas falhei bastante também, assim como falharam comigo. Onde moro tenho dois amigos, só. Onde morava, tinha vários. Mas tenho a sensação de que assim como penso neles, eles aindam pensam em mim.
As vezes nos decepcionamos, né? Fazer o quê...
Só sei que a maior amizade que podemos ter, é com Deus, conosco e nossa família. Fonte segura.

parabéns pelo texto.

Andressa disse...

decepção todo mundo passa.
mas sempre é tempo de fazer novas amizades verdadeiras

beijoo Estrelaa

Mr.Jones disse...

Hoje em dia até mesmo em se tratando de amizades, o que mais se vê é interesse mútuo.
Amizades verdadeiras existiam no tempo pré www.
hoje em dia dizem haver traiçoes virtuais.
conheci uma pessoa que se dizia ser minha amiga pra valer. Até descobrir que a primeira ofensa que me fizeram, ela foi a primeira a comentar (sem defesa, óbvio) e isso para mim jamais será prova de amizade.
abçs

Dináh Lobato disse...

Muito interessante, a sua abordagem.

Concordo que amizade é um tema muito complicado para se falar nos dias de hoje e também é uma coisa muito difícil de se manter, porque é necessária uma constante atenção ao que se diz ao amigo, ao que se faz ao amigo, ao que se demonstra ao amigo.

Amizade tem muito a ver com o que você espera do outro e também do quanto você se doa para sesse alguém.

Infelizmente, algumas pessoas condicionam sua felicidade à pessoas e isso é um tanto temeroso, porque é um campo minado, é um perigoso ato.

Quando alguma pessoa condiciona sua felicidade a um amigo, facilmente se frustrará, porque todos somos falhos.

Ser amigo é, também, saber que o outro é falho. É tentar ajudar o amigo a superar seus defeitos e também estar maleável para que o amigo o ensine a superar os seus próprios defeitos, porque somente assim pode-se dar ou receber conselhos, por exemplo.

Perdi amigos recentemente e choro muito por isso, mas acredito que, algumas pessoas se vão para que outras entrem em nossas vidas.