sábado, 3 de abril de 2010

Zeca Baleiro - Eu detesto Coca Light

Eu detesto George Bush desde a guerra do Kwait
Não quero que tu te vás, mas se tu queres ir, vai-te
Quero adoçar minha sina que viver tá muito diet
Danação é cocaína mesmo quando chamam bright
Gosto de você menina, mas detesto Coca Light

Gosto de sair a noite de tomar um birinight
Jurubeba, tubaína, johnny walker, black white
Me afogo na cangibrina caio no tatibitati
Tomo cinco ou seis salinas feito fosse chocolate
Engulo até gasolina, mas detesto Coca Light

Fazem da boate igreja, da igreja fazem boate
Põe veneno na comida, cicuta com abacate
Eu cuido da minha vida não sou boi que vai pro abate
Podem cortar minha crina, podem partir pro ataque
Podem me esperar na esquina, mas detesto coca light

Deus é o juiz do mundo ele apita nosso embate
Nem Carlos Eugênio Simon nem José Roberto Right
A partida não termina, prorrogação e penálty
A torcida feminina dá um molho ao combate
Aprendo o que a vida ensina, mas detesto coca light

Tolerância Zero, Fome Zero, Coca Zero
No quartel do mundo eu sou o Recruta Zero
Quero quero tanta coisa e só me dão que não quero.

1 comentários:

evandro mezadri disse...

Muito bom.
Zeca Baleiro é muito inteligente, um gênio nato.
Bela homenagem.
Grande abraço e sucesso!