sábado, 3 de abril de 2010

"...mas estou aqui parada, bêbada, pateta e ridícula, só porque no meio deste lixo todo procuro o verdadeiro amor.
Cuidado comigo: Um dia encontro."

8 comentários:

Paula Teles disse...

Gosteeei do Post amoreeee ;)

Daniel Prestes - Danpotski disse...

poderia dizer que é apenas o Caio e que independente de qualquer trecho de coisa escrita por ele faria sentido pra mim, mas como explicar os outros textos? Não acho que seja coincidência sempre encontrar algo que me toca, seria a universalidade do sentimentos? Pode ser isso também, mas de que adiantaria essa universalidade se não fosse a sua capacidade de conseguir encontrar o trecho certo, aquele que fala mais ao meu coração? Bom, essa explicações são irrelevantes, o ponto é que vc acerta e eu gosto disso. Bjos, guria.

evandro mezadri disse...

Curto e profundo, muito bom!
Grande abraço e sucesso!

Priscila Rôde disse...

Ah,
a esperança...

Angela Carolina disse...

Aiiiiiiiii adorei! :) Me senti nas tuas palavras ou melhor... Nas do CFA né?! hahaha Bjo

Costureira de estrelas. disse...

ADORO o conto Dama da noite!
Beijokas =*

мelisse abrantes disse...

Oii amei sei blog.. tô seguindo, segue o meu tbm (você vai gostar "acho")rs.
Bjus flor

Brunii disse...

ENCONTRO! <3