sábado, 16 de janeiro de 2010

Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo
ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro.
Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou
exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa
conta de mais.

5 comentários:

Luanne de Cássia disse...

ah... Um dos melhores textos de tati Bernadi.

Daniel Prestes - Danpotski disse...

a segunda frase... sei bem o que é.

gosto bastante do seu blog, sempre passo por aqui... apenas não comento... :x

Lucas disse...

Porque amor não é uma ciência exata... um mais um podem ser muito mais que dois.

Sαbrinα disse...

porque por mais que haja diferenças, há o que mais une também, o amor.

O mundo da Reis disse...

adoroooooo.