sábado, 31 de outubro de 2009

"Porque entre o sim e o não é só um sopro,
entre o bom e o mau apenas um pensamento,
entre a vida e a morte só um leve sacudir de panos -
e a poeira do tempo, com todo o tempo que eu perdi,
tudo recobre, tudo apaga, tudo torna tão simples e tão indiferente."

3 comentários:

Taynná =) disse...

Adoro Lya Luft!!!
Muito!!

:D

Sereia disse...

Beijossssssssssssssssss

Alison Santos disse...

Putz, nunca tinha lido esse trecho, é perfeito. Parabéns pelo blog.