sexta-feira, 21 de novembro de 2014

A hora da mudança.

Por muito tempo eu quis a mudança, a novidade, a vida que recomeça por escolha, aquela escolha que transforma. Dentro e fora.
Eu finalmente estou perto desse momento.
Depois de mais de um ano querendo, buscando formas, tentando, adiando...aqui vou eu.
Mês que vem eu finalmente começo a minha vida nova, a que eu escolhi.
Se eu disser que não estou com medo, estarei mentindo. Sinto medo, preocupação, ansiedade, tristeza...tudinho junto, misturado ao doce que é o recomeço, ao alegre que é ver que os sonhos são pra gente realizar, e cá estou eu indo realizar alguns dos meus.
Eu não sei o que acontecerá, e por mais que imagine sei que minhas ideias estão distantes do que deve ocorrer.
Sei que desistir é algo que não faz parte de mim, aliás, quem me conhece bem sabe disso.
Não sei o que esperar e muito menos sei como acalmar o coração que por aqui anda aos tropeços, aos pulos, batendo mais descompassado que o costume.
Talvez eu só precise de algumas palavras de incentivo, talvez nenhuma palavra e sim um abraço apertado. Talvez eu realmente só precise ir.

9 comentários:

Gabrielle Cristina disse...

Engraçado, tudo o que eu sinto agora <3
-Chegou a hora da mudança.!

Suely Santana disse...

Gostei da msg!

Suely Santana disse...

Linda msg!

Anônimo disse...

Olá, vc sabe qual o nome da musica deste trecho "Vou inventar avós que nunca morrem e cachorros também. Eu vou inventar uma verdade sem problemas e um caminho doce pra poder voltar e catar todos os caramelos que tiraram de mim." obg desde já <3

Karine disse...

Oiii esta muito lindo seu cantinho!
É um prazer revê-la. Estou voltando ao blog, e espero não sair mais.
Se puder dar um passadinha:
asoonhadora.blogspot.com
Quero estar presente novamente

António Jesus Batalha disse...

Muito bom o seu blog, estive a percorre-lo li alguma coisa, porque espero voltar mais algumas vezes,
deu para perceber a sua dedicação em partilhar o seu saber.
Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante.
E se gostar e desejar comente.
Que Deus vos abençõe e guarde.
António.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Anônimo disse...

Que lindo!
Me identifiquei muuuuito com o texto...
Estou passando pela mesma situação, me desprendendo da rotina, da comodidade, em busca do novo...
"Talvez eu só precise ir"... e irei!
Sem saber pra onde... apenas vou!
Bjos

Nilda Maia disse...

Olá, visitei seu BLOG e adorei. É muito bom, pleno de assuntos literários e novidades. Fico atenta aos sites dedicados aos livros , sendo clássicos ou contemporâneos. De agora em diante, vou seguir você de perto . Tenho também um BLOG que gostaria que você desse um pulinho por lá, tenho certeza que você vai gostar muito. Abrs. NILDA.
http://oslivrosdaminhabiblioteca.blogspot.com.br/

Blog da Gigi disse...

Olá amei seu blog!!!!!!!!!!!!! da uma passadinhapara conhecer o meu. http://gigicandy29.blogspot.com.br/ Abraços