sábado, 24 de novembro de 2012



"Quando do amor sentires falta, não te desesperes, pois não tardará a chegar aquele que te fará sorrir novamente.
Quando da vida só sobrarem dessabores, logo logo terás o doce beijo da amada, que ainda não sabes quem é.
Quando da fé sentires fraqueza, ajoelha-te e ore ao senhor.
Quando de uma música recordares de alguém sem alegria,
reflita e veja que importância esse amor teve em sua vida.
Quando ausente estiveres de sí mesmo, como poderás ser o horizonte de alguém?
Quando o tempo parecer cruel, e a falta de algo te entristecer, lembre-se que cada a dia poderás mudar o próprio destino.
Por fim, quando buscares pela perfeição, lembra-te que somos humanos e temos a oportunidade de errar e aprender com nossos erros, pois a perfeição é uma ilusão que nos cega."

2 comentários:

Anônimo disse...

tudo a ver amiga
podes crer!

Luzia Trindade disse...

Belo texto!