terça-feira, 17 de julho de 2012

Tati Costa

"...Mãe Terra. O nome já diz tudo. Algodoal uma imensidão de liberdade, de felicidade, de frescor da alma. Acho que lá a gente realmente esquece do resto do mundo. É tanta areia, tanto mar, tanto amor que não dá pra acolher tanta saudade.
Quem já foi sabe muito bem do que eu estou falando, quem não conhece só vai entender se for por lá.
Uma praia do tamanho do mundo, com gente hospitaleira que te acolhe de braços abertos. A ida pra lá é encantadora. Você pega um "pôpôpô" lotado de gente louca pra chegar na ilha e vai curtindo a travessia de 45min a 1:00 hora e quem sabe dependendo da maré.
Maiandeua é seu nome, que traduz Mãe da Terra. E é lá que fica Algodoal, uma das quatro ilhas cercadas pelo mar. A praia é da Princesa e o Lago também. Passeio só de jegue, meio de transporte tipicamente nativo. Nos períodos de pico tem festa pra todo gosto, do brega ao rock.
Sandália? Sapatos? Roupas? Não precisa levar nada disso. O bom de lá é viver com o pé no chão, só de biquine e protetor solar . Ah, e muita, muita água. De tanto vento você nem sente o sol. Se não tiver cuidado, é capaz de passar o dia inteirinho sob o sol e só sentir o resultado a noite. Mas nada que dormir numa toalha molhada não resolva..."