segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Desabafo

E tudo aconteceu assim!
Não terminou por pé na bunda, não acabou por causa de traição, acabou por decisão de ambas as partes.
Estranho? Bom, no mínimo pouco comum.
O que aconteceu é que o senhor tempo, ou o falado destino, ou o que quer que seja resolveu nos cobrar evolução e pra obter certas coisas nós teríamos de colocar algo em jogo, e isso foi o nosso relacionamento. Foi o que fizemos porque achamos que isso era o que devia ser feito.
E foi em um sexta-feira de janeiro que nós nos olhamos pela última vez.
Foi a última vez que te levei até o portão e te vi ir embora com a mochila nas costas.
Ao entrar em casa você ainda estava alí: nas fotos, nos livros, na toalha amarela, no cartão...
Mas me diz, como te tirar da minha casa se você é tão presente em meu ser?
Foi você que acreditou em mim, você que não ouviu o que os outros diziam e apostou em nós, e apostou certo.
Foi você, meu menino, meu amor, que me conheceu como eu realmente sou, com todos os defeitos e qualidades, todos os sorrisos, todas as inúmeras lágrimas e mensagens de bom dia.
Ainda nos falamos, ainda nos preocupamos um com o outro, ainda lembro de você todo dia e sinto saudade da sua gargalhada, mas também morro de orgulho ao ver que nossa decisão está rendendo frutos e você está bem e que sua carreira está evoluindo rapidamente.
Mesmo que ninguém entenda, nós sabemos que por nos gostar demais é que queremos ver o outro crescer, e por isso tomamos essa decisão de você ficar aí e eu voltar pra cá.
Que teus dias cansativos lhe rendam grandes resultados.
Eu te amo

22/02/11 - 00:03

10 comentários:

O mundo da Reis disse...

Eiii, isso foi a coisa mais linda que eu já li nesse blog.



beijoo amiga.

Marie Cruz disse...

Lindo e triste ao mesmo tempo...
Às vezes temos que abrir mão da pessoa que gostamos, para que ela possa ser feliz. Mesmo que isso seja momentâneo e ela acabe voltando pra nós...

Lindo seu blog *-*

Bj*

belezaecancao.blogspot.com

Yohana SanFer disse...

Nossa, lindo, lindo e lindo! dizem que nisso consiste o amor verdadeiro não é? Abrir mão sem penar pelo bem do outro... mas meu coração infantil e tolo ainda não alcançou tal sabedoria...adorei o post, alias como tantos outros aqui! :)
bjs

rosaseespinhos disse...

égua Alice! perfeitoo! amei foi tao verdadeiro e intenso, puro e suplicante.

Mãos que falam disse...

#avemaria
cerveja, precisamos de cerveja!

___FOLHA EM DIA___ disse...

...eu achei simplesmente perfeito. tudo o que eu queria ter escrito em um dado momento de minha vida.

Você é demais!!

Um abraço!

Bruna Yamamoto disse...

Isso foi muito lindo..uma atitude muito bonita,de ambas as partes.=DD

Gisele disse...

Nossa me comoveu, ao mesmo tempo lindo e triste, mas é assim a vida, não adianta lutarmos temos que simplesmnte viver naturalmente, e tudo será como Deus quer no final das contas...espero que fiquem bem juntos ou não. bjus

Nanda Vasconcellos disse...

Simplesmente LINDO!!!

Quem ama pensa primeiro no outro depois em si... esse é o verdadeiro amor!!

Thais Gentile disse...

Vocês deviam ter bastante intimidade né? Que bacana esse texto por um lado, triste por outro. As pessoas sempre vão embora mesmo quando elas deveriam ficar. E as vezes voltam... Mas depois se vão. A vida não pára