sábado, 4 de dezembro de 2010

Marina Colassanti

Ter você nu na cama
que deleite.
E como a gente brinca
e rola e ri
para depois sentar
nos lençóis descompostos
o corpo ainda suado
e continuando sempre
o mesmo jogo
falar a sério
de literatura.
Te beijo no cangote
e quieta penso:
um outro amante assim
Senhor
que trabalho terias
pra me arrumar
se me tomasses este.

3 comentários:

Grasi disse...

Coisa booooooooa, meu Deus!! rs
Bjão e um fds super iluminado :)

Jussielly Leal disse...

Selinho pra vc lá no blog...
beijo e confere lá ;)
http://juuhls.blogspot.com/

Márcia Parente Sena disse...

Lindo!!!!!
Adorei seu blog!! Parabéns,por isso, passa no meu blog (http://viajapensamentos.blogspot.com) lá tem um selinho especial para você!

Abraços... ganhou mais uma seguidora
Márcia