domingo, 21 de novembro de 2010

Nos últimos dias vi muitos posts sobre lembranças e acabei ficando com vontade de falar um pouco das minhas caixinhas.
É,eu tenho duas caixinhas de recordações!Duas caixas que guardo com muito carinho porque dentro delas eu vejo meu passado,eu vejo meus antigos amigos,vejo demonstrações de carinho de gente que mesmo morando longe ainda lembra de mim,vejo cartas com palavras doces e também com insultos,vejo milhares de bilhetinhos da época do colégio que até hoje me arrancam risos,cartões de aniversário,folhas rabiscadas durante uma aula chata e cartas que minha vó enviava para mim quando eu passava as férias na praia.
Sou do tipo que não guarda muita coisa,que se desfaz daquilo que não tem mais serventia,mas essas caixas são como um tesouro pra mim.
Não é porque nelas encontro o passado e tenho saudade,não!
É porque nelas encontro pedaços de uma infância gostosa,porque vejo promessas idiotas e isso serve de lição pra uma vida toda,porque vejo como as fotos do passado são divertidas e vergonhosas,porque lá eu vejo como tudo é efêmero.
Efemeridade é palavra de ordem e em certos casos isso é bom.
O passado está preso em um cantinho do meu quarto e toda vez que eu vou lá, ganho mais força e coragem pra ser muito melhor do que sou,pra construir um presente muito mais bonito e deixar que toda essa beleza enfeite meu futuro.

Alice Neta

6 comentários:

Thays Arroxellas disse...

nossa muito lindo seu texto parabénss muita verdade diz nele!
gostei do teu blog tô seguindoo =D

Jussielly Leal disse...

Nós mulheres e nossas caixinhas cheias de lembranças *-*
muito bom o post :)

O mundo da Reis disse...

tbm adoro essa nostalgia que lembranças antigas nos trazem.

beijoo Estrela <3

Yohana d'Arc disse...

Ola adorei seu espaço, estou adicionando no meu! Que possamos ter contato! =)

Yohana d'Arc disse...

Ola! Adorei seu espaço e estou adicionando no meu! Que possamos ter contato!
=)

writer. disse...

Ah, esses dias mesmo estava mechendo na minha gaveta (é, gaveta porque não cabe tudo em uma caixinha) de "coisas que marcaram minha vida"... e é tão bom, nunca devemos nos desfazer de lembranças de pessoas importantes que passaram na nossa vida... beijos!