domingo, 22 de agosto de 2010

"Escrevi mais de dez livros,fui traduzido em vários idiomas e nunca tive muito espaço na mídia.Bastou eu avisar que estava com Aids e todo mundo começou a me pedir entrevistas;de repente fiquei famoso,mas eu não quero ser visto como um doente,um aidético que escreve.Sou um escritor que tem Aids,uma doença como qualquer outra;eu poderia ter diabetes,câncer,hepatite.A doença do corpo é igual à doença do planeta,tudo está interligado no micro e no macrocosmo:se curarmos a Terra,curamos o homem.Precisamos ficar atentos."

Extraído do livro "Para sempre teu,Caio F." - Paula Dip

4 comentários:

Laís Araújo disse...

Caio F. Abreu,otimo escolha...

Carlos Augusto Matos disse...

Coisas do ser humano... Julgar sem pensar...

Bjuxxx

Valéria disse...

Ele é ótimo né?

http://myobsessionn.blogspot.com/

Priscila Lima disse...

beijinho das conchas pra vc!