sábado, 20 de fevereiro de 2010

Florbela Espanca

"Nunca fui como todos
Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que me amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
não vivo sozinha porque gosto
e sim porque aprendi a ser só..."

7 comentários:

Suh disse...

Ahhh que linda Florbela =) axo lindo oq ela escreve, porém um tanto triste.. ADORO os post's ;D

Leca disse...

Eu simplesmente adoro Florbela Espanca...obrigada...
Ela tem uma força com as palavras...que é invejável...
Beijinhos

Tay disse...

Poxa, eu te amo.
Assim, verdade seja dita eu não me casaria com você, mas seria suficiente para te adotar! Mesmo você nunca mais comentando no meu blog!
Tenho uma professora na facul que adora a Florbela, sempre passa um poema dela no quadro... Deu saudades!

Beijoo!!

Priscila Rôde disse...

O tempo, esse é um mestre!
Adoro MUITO a Florbela E.

Jeh Teles disse...

- tô adorando os textos, os trechos aqui (:
e sempre procurando ler mais dos autores que vc posta :D
beijo, beijo!

Costureira de estrelas. disse...

Indiquei um selo pro seu blog :)
Espero que goste ^^
Beijos :*

Maurélio disse...

Florbela Espanca é pura magia.
Lindíssima a poesia.
Abraços