terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Zeca Baleiro

"Se você me quer me queira
se você marcar bobeira
volto pra mamãe, volto pra papai
corro pro xingu, fujo pra Xangai
se você não der bandeira
que você me quer nao terá
meu amor de fato, meu beijo fatal
minha solidão, nem meu carnaval
se você não me quer mais
se você não me quer mais eu quero
se você não me quer nunca mais
eu fico dodói, fico jururu
vou pro juqueri, volto pra bangu."

3 comentários:

Priscila Rôde disse...

Ah que linda! :)

Barraco Das Ideias disse...

É seu.

reclamaste do abandono
daqueles que negaram um olá
que fizeram te perder o sono
não enviando a ti o verbo lembrar

para que não escrevas com pesar
você nunca vai ser esquecida
alguém escreve para te titilar
quanto a isto pode ter certeza

toda rosa tem seu beija-flor
e a apreciadora das letras
tens um singelo versador

e não se queixes mais
pois quem vos escreve
é um simples e rapaz.

se não gostar nemposto no blog.

Barraco Das Ideias disse...

então amanhã eu publico no blog se é que gostou de verdade.