domingo, 28 de junho de 2009

(...) Ela deixou que a mão dele descesse até abaixo da cintura dela.
E numa batida mais forte da percussão,
num rodopio, girando juntos, ela pediu:
- Deixa eu cuidar de você.
Ele disse:
- Deixo. (...)

2 comentários:

Priscila Rôde disse...

Gostei =)

Olavo disse...

Lindo..singelo..belo.
Gostei daqui
Beijos