sábado, 24 de janeiro de 2009

Uieeee


Agora eu quero enviesar
Fazer um rastro caminho
Que leve sempre ao encontro desse mar
Nesse navego de violeiro no xote

Que é pra me desemperriar
Já que sossego é coisa de vejo não vejo
Talvez tu me dê um beijo
Quando o dia clarear.
É clareando que o sol vem
E vai a lua que a minha saudade é tua

E deixe o tempo navegar
Que eu envieso, rasgo e faço esse festejo

E qualquer desses amanheço
Eu volto para te buscar.

1 comentários:

Marina disse...

Eitaaaaaa vai começar em grande estilo =)e vamos aproveitar td Xu...

AIUhAIuhAIUhAIUhaIU